sexta-feira, 10 de agosto de 2012

O Observador: Sonda japonesa mostra em HD estruturas colossais na Lua!


A Cratera Anaxágoras (coordenadas 73.48 N, 350.7 E), com diâmetro de aproximadamente 50 km e profundidade em torno de 2800 metros, é considerada uma cratera de impacto recente localizada próxima ao polo norte da lua. É uma área da lua bastante "estudada" por geólogos, seu interior em parte oculto pelas sombras revela uma paisagem bastante diversificada com rochas e detritos bastante singulares. Não há uma explicação óbvia para os padrões apresentados por esses componentes da cratera. 
Especula-se que isso se deve a um fenômeno de “erosão espacial” o que definitivamente não me convenceu. Procurei então detalhes nas imagens que pudessem me revelar algo mais sobre o que realmente aconteceu lá; ao me deparar com as imagens obtidas pelos equipamentos da NASA pouco acrescentou ao meu trabalho, pois, a maioria das imagens obtidas pela sonda Lunar Reconnaissance Orbiter Camera (LROC) eram pobres em detalhes devido ao excesso de saturação. 
Alguns irão dizer “oh! Mas existem imagens que mostram o solo da cratera!”. Sim, mas essas imagens disponíveis mostram áreas restritas da cratera em questão e dizem muito pouco da imagem como um todo para efeito da minha análise.

Já se sabe de longa data que a NASA vem ostensivamente ocultando informações sobre detalhes da lua desde o “fim” das missões apolo.  Esse ocultamento ocorre ainda sob as mais variadas formas através de sofisticados métodos de edição de imagens. (maiores detalhes: http://www.marsanomalyresearch.com/evidence-reports/2004/068/moon-objects.htm) Uma forma bastante eficiente de ocultar detalhes nas imagens obtidas é o uso de saturação da imagem, o que lhe confere aspecto homogêneo, acentuando lhe o contraste. Por isso optei por iniciar minha análise obtendo imagens de fontes diversas. 
Ocorre que atualmente outros países estão enviando sondas para fotografar e estudar nosso misterioso satélite natural, entre eles: Agência espacial do japão (JAXA), cujas imagens mostraram-se muito prolíficas para revelar detalhes curiosamente singulares da cratera. 
Analisando material colhido pelos orientais encontrei imagens verdadeiramente intrigantes, em particular, as imagens e vídeos obtidos através da sonda orbital Selene/Hayabusa (JAXA) tornaram-se meu ponto de partida no que se refere à cratera Anaxágoras. Devido à qualidade das imagens e um aparentemente proposital trabalho de retoque mal executado (já viram japonês fazer trabalho “meia boca”?). Evidentes detalhes gritantes nas cenas analisadas revelam estruturas regulares e sugerem escombros e ruínas de construções colossais; certas evidências aparentemente foram deixadas à vista (com que propósito não se sabe), deixando para trás essas estruturas que podem ser vistas nos detalhes das fotografias e dos vídeos levados a público por JAXA em: (http://www.youtube.com/user/jaxachannel/videos?query=kaguya) e CNSA (http://www.youtube.com/watch?v=hKadoX3rfcE).
  
Visão geral da cratera Anaxágoras


Essa imagem mostra o aspecto muito irregular e divergente das estruturas rochosas evidentes nos lados: esquerdo e direito da cratera, o que me chamou a atenção logo de início.

Tomada do lado direito da cratera:

observem nas áreas destacadas o que parecem ser escombros ou ruínas de estruturas colossais!


Nesta imagem as setas indicam alguns dos campos onde identifiquei diversas anomalias, inclusive em Anaxágoras B no alto à direita.

tomada em detalhe do lado direito da cratera:


As setas indicam anomalias que, os astrônomos que me perdoem, não foram formadas por nenhum tipo de "erosão espacial". Parecem na verdade ter sido formadas por uma "explosão espacial".






Imagem em detalhe da borda superior correspondente à região central de Anaxágoras:





Aqui se pode ver claramente na parte superior, no limite entre a borda da cratera e o solo lunar, aparente estrutura de aspecto triangular cujo padrão parece repetir ao longo da encosta.

Região central da encosta da cratera e sua anomalias:

essa fotografia mostra elementos que se repetem na paisagem, seriam um simples capricho da natureza?


Essa imagem mostra o lado esquerdo da cratera Anaxágoras fotografado e filmado pela sonda Selene/Hayabusa da JAXA


aqui também se pode ver elementos anômalos na paisagem da encosta do interior de anaxágoras.

Nessa fotografia da área central da cratera é claramente visível a presença de estruturas inexplicáveis.
as setas indicam anomalia que se assemelha a uma ponte, ligada a uma região parecida com um imenso platô cheio de escombros.

por último mas não menos importante vejamos a cratera Anaxágoras B:


observem que um estrutura plana e reta parece emergir do interior da cratera.

Caros amigos, parece que a verdade enfim está a ser revelada,  aos poucos, em doses homeopáticas, mas está sendo revelada. seremos nós humanos responsáveis por essas construções? Se forem concebidas por antigas civilizações avançadas, estaremos nós trilhando o mesmo caminho? Se estivermos... estaremos fadados à aniquilação como nossos antepassados? O que se espera com a revelação dessas imagens deliberadamente disponibilizadas?






2 comentários:

Are you looking for free Google+ Circles?
Did you know that you can get them ON AUTOPILOT AND ABSOLUTELY FOR FREE by using Like 4 Like?

Postar um comentário

Escreva, sinta-se à vontade para expor suas idéias.

Observador. Tecnologia do Blogger.

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More